A região da Serra da Canastra é muito extensa e

representa uma parte do Cerrado Mineiro. 

IMG_0222

IMG_0222

IMG_0212_edited

IMG_0212_edited

IMG_0149

IMG_0149

IMG_0207_edited

IMG_0207_edited

IMG_0014

IMG_0014

IMG_0101_edited

IMG_0101_edited

IMG_0042

IMG_0042

IMG_0093_edited

IMG_0093_edited

IMG_0111

IMG_0111

IMG_0037

IMG_0037

IMG_0021

IMG_0021

IMG_0073

IMG_0073

IMG_0053_edited

IMG_0053_edited

IMG_0008_edited

IMG_0008_edited

O Parque Nacional da Serra da Canastra é um dos mais importantes parques nacionais brasileiros, criado em 1972. Dentro desta área está localizada a nascente histórica do rio São Francisco, no município de São Roque de Minas e uma grande cachoeira chamada Casca D'Anta, são quase 200 metros, a primeira grande queda do “velho Chico”. Em toda a extensão do Parque várias outras cachoeiras e riachos possibilitam banhos revigorantes. Destacamos a Cachoeira dos Rolinhos, entre tantas outras, afinal a Canastra é tida como um importante berço das águas! Pois é um  divisor natural de águas das bacias dos rios São Francisco e Paraná, neste caso contribuindo ao sul com o rio Grande e ao norte com o rio Paranaíba, através do rio Araguari que nasce dentro do parque.

 

Para visitação e miragem de paisagens há também o Curral de Pedras, um curral feito amontoando-se manualmente pedra sobre pedra, que era utilizado para conter o gado durante a pernoite dos tropeiros; a Garagem de Pedras, um antigo entreposto para os habitantes do Vão dos Cândidos que subiam a chapada a pé ou em “lombo de burro” para ter acesso à estrada que ligava e liga São Roque de Minas ao Triângulo Mineiro.

Fotos e reconhecimentos de uma rica e preservada natureza são entregues pela flora com delicadas flores, árvores com seus troncos retorcidos, mirantes a perder de vista e muita vida silvestre.  A Serra da Canastra tem o formato de um baú, daí a origem do nome, pois canastra é um tipo de baú antigo.

O clima predominante no  Cerrado é o Tropical sazonal, de inverno seco. A temperatura média anual fica em torno de 22-23 graus. No alto verão as temperaturas chegam, fora da sombra a quase 40 graus. Já no inverno, o friozinho é bem constante, e em alguns pontos foram registradas mínimas de 0 grau.  

Há 3 tipos de ambientes naturais no Parque:

  • Formações campestres;

  • Formações savânicas;

  • Formações florestais.

Muitos animais são encontrados, pois a vida silvestre ainda é bem diversificada. São melhores avistados em lugares de pouco movimento de carros e pessoas, ou seja, nas épocas ou dias mais vazios é possivel realizar um verdadeiro safari pelas estradas do Parque. Já em dias movimentados, os melhores horários são os bem de manhãzinha e no final da tarde. 

Os pássaros são vários, como:​

  • o quero-quero (Vanellus chilensis),

  • a codorna (Nothura maculosa),

  • a curicaca (Theristicus caudatus),

  • o pica-pau-do-campo (Colaptes campestris),

  • a seriema (Cariama cristata),

  • gavião-peneira (Elanus leucurus),

  • o cochicho (Anumbius annumbi),

  • a fogo-apagou (Scardafella squammata),

  • o suiriri-pequeno (Satrapa icterophrys),

  • a lavadeira-mascarada (Fluvicola nengeta),

  • o chopim-do- brejo (Pseudoleistes guirahuro),

  • tucanuçu (Ramphastos toco),

  • o periquitão- maracanã (Aratinga leucophthalmus),

  • o urubu-rei,

  • o carcará,

  • o pato-mergulhão (Mergus octosetaceus), em perigo de extinção!

  • o galito (Alectrurus tricolor), 

  • tapaculo-de-brasília (Scytalopus novacapitalis),

  • tico-tico-de-máscara-negra, 

  • o saí-andorinha (Tersina viridis), entre outros. 

E os mamíferos como: 

  • o queixada (Tayassu pecari) (provavelmente já extinto na região),

  • o caitetu (Tayassu tajacu),

  • o veado-campeiro (Ozotoceros bezoarticus),

  • tamanduá-mirim (Tamandua tetradactyla),

  • tamanduá bandeira,

  • veado campeiro,

  • o tatu canastra,

  • a jaguatirica,

  • a onça parda,

  • o lobo-guará, entre outros.

A região ecoturística da Serra da Canastra tem mais de 200 mil hectares e

abrange 6 cidades:

De carro, o Sítio está

mais ou menos a 

2h da portaria do Parque, via estrada do Barreiro.

É uma passeio muito bonito!

Mas em dia de chuva é

bom ter muito

cuidado!!

A época ideal para visitação é com o clima sem chuvas, facilitando o acesso às atrações naturais

 e tornando os passeios mais agradáveis. 

Fique atento!

 

  • O horário de entrada no Parque Nacional da Serra da Canastra.Horário de visitação: 8h00 às 18h00. Recomenda-se entrar até as 16h00 no máximo.

  • Horários alternativos somente com prévia autorização da chefia do Parque.

  • O acesso ao Parque Nacional e demais atrações é por terra.

  • As condições de tráfego podem ser bem precárias em época de chuva. Informe-se previamente.

  • A taxa é paga por visitante, que não é expressa neste site, pois não acompanhamos as alterações de valores.

  • É proibida a entrada de bebidas alcoólicas, havendo fiscalização de porta-malas e caixas térmicas.

Quando visitar uma  beleza natural tenha consciência de sua unicidade. Não haverá outro lugar igual. Portanto evite deixar suas pegadas: se gerado, guarde o lixo, não acelere seu veículo no local, chegue bem devagar, evite perturbar o som natural. Pois o barulho da natureza é um presente para nosso espírito!

Não rabisque árvores e nem machuque qualquer tipo de animal. Tenha prudência ao caminhar pelas trilhas. Assim é possível sentir toda a energia desses lugares. E busque deixar o ambiente em harmonia, para que outros possam também desfrutá-lo, da mesma forma que você o encontrou. Afinal desejamos nas cachoeiras, serras, montanhas e vales mais do que diversão, procuramos uma experiência sensível com a existência.

Caso haja um visitante agindo indevidamente, avise o responsável, pois a natureza fala através de nós!